Revista Brasileira de Avaliação
https://rbaval.org.br/article/doi/10.4322/rbma201102003
Revista Brasileira de Avaliação
Artigo Original

Avaliação continuada do Programa de Formação Interdisciplinar Superior da Unicamp: proposta metodológica

Ana Maria Carneiro, Cibele Yahn de Andrade, Stella Maria Barberá da Silva Telles

Downloads: 1
Views: 657

Resumo

O objetivo do artigo é apresentar a avaliação continuada do Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFIS) da Unicamp e discutir seus desafios metodológicos e operacionais. O Programa busca oferecer um curso de educação geral, com duração de dois anos, com conhecimentos que vão além daqueles normalmente oferecidos em formações mais específicas e profissionalizantes, como os cursos regulares de graduação profissional. Além disso, a forma de ingresso dos alunos representa uma novidade para instituição, a partir da seleção dos melhores alunos das escolas públicas. Desta forma, busca-se atrair para Unicamp jovens que, em geral, se autoexcluem de seu processo seletivo, promovendo a inclusão social.

A proposta é inovadora no campo da avaliação da educação superior. Trata-se da avaliação de um programa específico, abrangendo seu processo de implementação, seus resultados e impactos, o que coloca desafios de obter e relacionar dados obtidos em questionários e registros acadêmicos durante um prazo longo. É uma avaliação multidimensional que busca ser participativa e planejada para ser continuada. Como se trata de uma metodologia de monitoramento e avaliação na etapa de implementação do Programa, busca-se, neste momento, mais apresentar os desafios metodológicos e operacionais enfrentados do que já apresentar resultados.

Palavras-chave

Avaliação de impactos; Ensino superior; Educação geral

Referências

ALMEIDA et al. Transição, adaptação e rendimento acadêmico de jovens no ensino superior: relatório final do projecto. Braga, Pt: Universidade do Minho, 2004.

ANDRADE, Cibele Y.; TELLES, Stella M. B. da S. Universalização e equidade: analise da evolução do acesso a Educação Básica. Bahia Análise & Dados, v. 18, p. 34-41, 2008.

BACH, Laurent. Fronteiras da avaliação: Europa. Trabalho apresentado no Seminário Internacional Fronteiras da Avaliação, Campinas – SP, 18 e 19 de novembro de 2010. Disponível em: <http://www.ige.unicamp.br/fronteiras/palestras/18_930_LaurentBach.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011.

ROTHEN, José Carlos; BARREYRO, Gladys Beatriz. Avaliação, agências e especialistas: padrões oficiais de qualidade da educação superior. Ensaio: aval. pol. públ. Educ, v.17, n. 65, p. 729-752, 2009.

BENEITONE, P. et al. Reflexões e Perspectivas do Ensino Superior na América Latina: relatório final – Proyecto Tuning – América Latina 2004-2007. Espanha: Universidade de Deusto, 2007.

BLUESTONE, B. UMASS/Boston: an economic impact analysis. Boston: John W. McCormack Institute of Public Affairs, The University of Massachusetts, 1993.

BOWEN, HOWARD. Investment in Learning: the individual and social value of American Higher Education. San Francisco: Jossey-Bass, 1977.

CAFFREY, J.; ISAACS, H. Estimating the impact of a college or university on the local economy. Washington, DC: American Council on Education, 1971.

CARR, R.; ROESSNER, D. The Economic Impact of Michigan’s Public Universities. SRI Project: PDH 02-019. Michigan Economic Development Corporation and the Presidents Council, State Universities of Michigan, 2002. Disponível em: <http://www.michiganadvantage.org/cm/files/ Reports/univimpactreport.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011.

COELHO, Rodrigo Pereyra de Sousa; HIRATA, Regina; TELLES, Stella Maria Barberá Silva. Avaliação do processo de implantação dos CRAS em Campinas: relatório de pesquisa. Campinas: NEPP/Unicamp e Prefeitura Municipal de Campinas, 2008.

COZZENS, Susan. Fronteiras da Avaliação: EUA. Trabalho apresentado no Seminário Internacional Fronteiras da Avaliação, Campinas – SP, 18 e 19 de novembro de 2010. Disponível em <http://www.ige.unicamp.br/fronteiras/palestras/18_930_SusanCozzens. pdf>. Acesso em 13 maio 2011.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao Sinaes. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior. Campinas; Sorocaba, v.15, n.1, p.195-224, 2010.

DIAS SOBRINHO, J. Avaliação educativa: produção de sentidos com valor de formação. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior. Campinas; Sorocaba, v. 13, n. 1, p. 193-207, 2008.

DIAS, C. L.; HORIGUELA, M. L. M.; MARCHELLI, P. S. Políticas para avaliação da qualidade do Ensino Superior no Brasil: um balanço crítico. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 3, p. 435-464, set./dez., 2006.

DRAIBE, Sonia Miriam ; PEREZ, José Roberto Ruz . O Programa TV Escola: desafios à introdução de novas tecnologias. Cadernos de Pesquisa. São Paulo: Fundação Carlos Chagas, v. 109, p. 27-49, 1999.

EUROPEAN SOCIAL SURVEY. ESS Round 5 Source Questionnaire. London: Centre for Comparative Social Surveys, City University London. 2010

FIOR, Camila Alves. Interações dos universitários com os pares e envolvimento acadêmico: análise através da modelagem de equações estruturais. Faculdade de Educação, Unicamp, 2008. Tese (Doutorado em Educação).

FURTADO, A. T. (Coord.). Políticas públicas para a Inovação Tecnológica na Agricultura do Estado de São Paulo: métodos para avaliação de impactos de pesquisa – relatório final. DPCT. Campinas: Unicamp, 2003.

FURTADO, A. et al. Evaluation of the results and impacts of a social-oriented technology program in Brazil: the case of Prosab (a sanitation research program). Research Evaluation, v. 18, p. 289-300, 2009.

GUERREIRO, Daniela Couto. Integração e auto-eficacia na formação superior na percepção de ingressantes: mudanças e relações. Faculdade de Educação, Unicamp, 2007. Dissertação (Mestrado em Educação).

KROTSCH, P. Educación superior y reformas comparadas. Buenos Aires: Universidad Nacional de Quilmes Editorial, 2003.

KUH, George D. and EWELL, Peter T. The state of learning outcomes assessment in the United States. Higher Education Management and Policy, v.22, n.1, 2010.

LAMARRA, N. F. Educación superior y calidad en América Latina y Argentina: los procesos de evaluación y acreditación. Buenos Aires: IESALC: EDUNTREF, 2007.

LESKES, Andrea; WRIGHT, Barbara Wright. The Art and Science of Assessing General Education Outcomes: a practical guide. Washington, 2005.

LIMA, Licínio C.; AZEVEDO, Mário Luiz Neves e CATANI, Afrânio Mendes. O processo de Bolonha, a avaliação da educação superior e algumas considerações sobre a Universidade Nova. Avaliação. v. 13, n. 1, p. 7-36, 2008.

MERCURI, Elizabeth; POLYDORO, Soely (Org.). Estudante Universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Ed. Cabral, 2004.

PASCARELLLA, E. T.; TERENZINI, P. T. How College Affects Students: a third decade of research. San Francisco, CA: Jossey-Bass, v. 2, 2005.

PELISSONI, Adriane Martins Soares. Auto-eficácia na transição para o trabalho e comportamento de exploração de carreira, em licenciandos. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Unicamp, 2007.

PEREIRA, Elisabete Monteiro Aguiar (Org.). Universidade e Educação Geral: para além da especialização. Campinas: Alínea, 2007a.

PEREIRA, Elisabete Monteiro Aguiar. Universidade e currículo: versões e revisões. Campinas, 2007b. Tese de livre Docência.

PERRIN, Burt. Monitoring? Evaluation? Impact Evaluation? Appreciating and Taking Advantages of the Differences. Workshop at the Cairo conference on Impact Evaluation, 29 March 2009. Disponível em : <http://www.3ieimpact.org/userfiles/file/41_1%20Perrin%20Cairo%20Workshop%20M&E.ppt>. Acesso em : 13 maio 2011.

PRØITZ, Tine S. Learning outcomes: What are they? Who defines them? When and where are they defined? Educational Assessment, Evaluation and Accountability, v. 22, n. 2, p. 119- 137, May 2010.

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO. Universidade Estadual de Campinas. Projeto Pedagógico: Programa de Formação Interdisciplinar Superior. 2010. Disponivel em: <http://www.prg.unicamp.br/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=200&Itemid=175&lang=pt>. Acesso em: 13 maio 2011.

REAL, Giselle Cristina Martins. Avaliação e qualidade no Ensino Superior: os impactos do período 1995-2002. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 35, n.3, p. 573-584, set./dez. 2009.

REICHERT, Sybille. The Intended and Unintended Effects of the Bologna Reforms. Higher Education Management and Policy, v.22, n.1, p.59-78, 2010.

REZENDE, Marcelo. The Effects of Accountability on Higher Education. Economics of Education Review, v.29, n.5, p.842-856, Oct. 2010.

ROTHEN, José Carlos; BARREYRO, Gladys Beatriz. Avaliação, agências e especialistas: padrões oficiais de qualidade da educação superior. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., v. 17, n. 65, p. 729-752, 2009.

RUS PEREZ, Jose Roberto; STOCO, S. Sistema de avaliação da educação básica: uma análise da política. Cadernos de Pesquisa em Educação PPGE. UFES, v. 14, p. 35-50, 2008.

SALLES-FILHO, Sergio L. M. Avaliação Multidimensional de CT&I. Trabalho apresentado no Seminário Internacional Fronteiras da Avaliação, Campinas – SP, 18 e 19 de novembro de 2010. Disponível em: <http http://www.ige.unicamp.br/fronteiras/palestras/18_1130_SergioSalles.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011.

SALLES-FILHO, S. et al. Multidimensional assessment of technology and innovation programs: the impact evaluation of INCAGRO-Peru. Research Evaluation, v. 19, n. 5, p. 361-372, 2010.

SALLES-FILHO, S. et al. Evaluation of ST&I Programs: a Methodological Approach to the Brazilian Small Business Program and some Comparisons with the SBIR Program. Paper presented at Georgia Tech Conference, Atlanta, Outubro 2009.

SALVATO, Marcio Antonio; FERREIRA, Pedro Cavalcanti Gomes; DUARTE, Angelo José Mont’Alverne. O Impacto da Escolaridade sobre a Distribuição de Renda. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 753-791, outubro--dezembro 2010.

SCHLEICH, Ana Lucia Righi. Integração a educação superior e satisfação academica de estudantes ingressantes e concluintes: um estudo sobre relações. Faculdade de Educação, Unicamp, 2006. Dissertação (Mestrado em Educação).

STATE HIGHER EDUCATION EXECUTIVE OFFICERS. Accountability for better results: a national imperative for higher education. Denver, CO: National Commision on Accountability in Higher education, 2005. Disponível em: <http://www.sheeo.org/account/accountability.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011.

WILLIAMS, A.; SWAIL, W. Is more better? The impact of postsecondary education on the economic and social well-being of American society. Washington, DC: Educational Policy Institute, Inc. 2005.

WILLINGER, Marc. Avaliação Experimental. Trabalho apresentado no Seminário Internacional Fronteiras da Avaliação, Campinas – SP, 18 e 19 de novembro de 2010. Disponível em: <http://www.ige.unicamp.br/fronteiras/palestras/19_1330_Marcwillinger.pdf>. Acesso em: 13 maio 2011.

WORLD BANK. Monitorização e avaliação: algumas ferramentas, métodos e abordagens. Washington, D.C.: World Bank, 2004. ZACKIEWICZ, Mauro. Trajetórias e desafios da avaliação em ciência. Tecnologia e inovação. Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, 2005. Tese (doutorado).

5f3fd1420e8825d031d3741e 1598015026 Articles
Links & Downloads

Revista Brasileira de Avaliação

Share this page
Page Sections