Revista Brasileira de Avaliação
https://rbaval.org.br/article/doi/10.4322/rbaval202211039
Revista Brasileira de Avaliação
Artigo original

Cuidados em saúde na formação farmacêutica: Qualidade percebida pelos egressos

Augusto Santana Palma Silva, Paulo Fernandes Saad, Luís Alberto Valotta

Downloads: 0
Views: 536

Resumo

O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior visa avaliar as Instituições de Ensino Superior, cursos e desempenho discente, este último na perspectiva das Diretrizes Curriculares Nacionais que, espera-se, assegurarão um perfil de egresso apto ao atendimento das necessidades vigentes, contexto que demanda processos de acompanhamento de egressos. Estudos envolvendo avaliação por egressos farmacêuticos não abordam as atuais diretrizes, representando lacunas relacionadas aos níveis de (in)satisfação envolvidos - passíveis de determinação através do Modelo Kano, ferramenta de Gestão de Qualidade. Avaliaram-se, via questionários online, as competências do eixo Cuidado em Saúde das atuais diretrizes, encaminhados a 307 farmacêuticos de uma Universidade Pública Federal. Questões complementares abordaram o acesso e a importância atribuída às competências. Prevalência para competências com classificação Unidimensional (presença gera satisfação e ausência gera insatisfação) e com contribuição significativa na atuação. A estratégia, inédita para o curso, mostrou-se viável, representando metodologia em sintonia a modelos formativo-emancipatórios de avaliação.

Palavras-chave

Farmácia. Modelo Kano. Diretrizes Curriculares Nacionais. Egresso.

Referências

Araújo, Ana Luíza Lima. (2016). Percepção de farmacêuticos e graduandos sobre o curso de farmácia e a inserção no mercado farmacêutico na Grande São Paulo. (Dissertação de mestrado). Universidade Nove de Julho, São Paulo. Recuperada em 26 de agosto de 2021, de http://bibliotecatede.uninove.br/bitstream/ tede/1546/2/Ana%20Lu%c3%adza%20Lima%20Ara%c3%bajo.pdf.

Barros, Lucas Cavalcante Farias de, Lima, Thassia Silva de Andrade, Rocha, Thiago José Matos, & Silva, Edriane Teixeira da. (2013). Perfil do egresso do curso de farmácia de uma instituição particular do município de Maceió-AL. Revista Eletrônica de Farmácia, 10(4), 1-15.

Brasil. (2004). Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília. Recuperada em 21 de julho de 2021, de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/ l10.861.htm.

Brasil. Conselho Nacional de Educação. (2002). Resolução nº 2, de 19 de fevereiro de 2002. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília. Recuperada em 27 de agosto de 2022, de http://portal.mec. gov.br/cne/arquivos/pdf/CES022002.pdf.

Brasil. Conselho Nacional de Educação. (2017). Resolução nº 6, de 19 de outubro de 2017. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília. Recuperada em 24 de novembro de 2021, de http://portal. mec.gov.br/docman/outubro-2017-pdf/74371-rces006-17-pdf/file.

Castro, Sabrina Olimpio Caldas de, Martin, Débora Gozaga, Silva, Jéssica Natália da, & Almeida, Fernanda Maria de. (2019). O Reuni a partir de uma revisão sistemática da literatura. Nucleus, 16(1), 409-422.

Cavalcanti, Izabel de Lima, Sousa, Geisa Maria Cavalcanti de, Ramos, Jorge Luis Cavalcanti, Bandeira, Ilana Pereira, & Campos, Queila Haine Aandrade. (2020). Uma revisão da literatura sobre a participação do egresso da educação profissional na avaliação institucional e de cursos. Revista Brasileira Multidisciplinar, 23(2), 158-169.

Chagas, Maria Oliveira, Porto, Celmo Celeno, Chaveiro, Neuma, Noll, Matias, & Chagas, Flomar Oliveira. (2019). Diretrizes curriculares nacionais do curso de farmácia: análise qualitativa comparativa 2002 – 2017. In António Pedro Costa, Susana Oliveira e Sá, Paulo Castro & Dayse Neri de Souza (Eds.), Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa - CIAQ, Lisboa, Portugal. Recuperado em 26 de novembro de 2021, de https://proceedings.ciaiq.org/index.php/CIAIQ2019/article/view/2390/2289.

Cohen, Jacob. (1988). Set correlation and contingency tables. Applied Psychological Measurement, 12(4), 425-434. http://dx.doi.org/10.1177/014662168801200410

Conselho Federal de Farmácia – CFF. (2019). Formação farmacêutica no Brasil. Brasília,DF: CFF. Recuperado em 30 de outubro de 2021, de https://www.cff.org.br/userfiles/livro_caef21maio2019.pdf.

Cunha, Vinícius Santos Braz da, Alcoforado, Greyce Kelly Souza Motta, Ribeiro, Wanderson Alves, Almeida, Marluce Conceição dos Santos, Souza, Joelma Zoroastro dos Santos, Daniel, Elisa Santana, Silva, Érica Souza da, Fonseca, Renata Alves, & Duarte, Amanda Gomes de Moura. (2021). Desafios do egresso de enfermagem na inserção ao mercado de trabalho: Uma revisão da literatura. Research. Social Development, 10(3), 1-16.

Francisco, Thiago Henrique Almino, Nakayama, Marina Keiko, Melo, Pedro Antônio de, Pitta, Márcio Alexandre, & Oliveira, Fabiano Pires de. (2015). Análise epistemológica da avaliação institucional da educação superior brasileira: Reflexões sobre a transposição de paradigmas. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, 20(2), 531-562.

Freitas, Luanne Malaquias da Silva, Albuquerque, Adelaide Nóbrega de, Medeiros, Flávia Patrícia Morais de, & Gomes, Elisangela Christhianne B. da Silva. (2021). Percepção de docentes, discentes e egressos do curso de Farmácia sobre a avaliação através do Objective Structured Clinical Examination (OSCE) (Trabalho de conclusão de curso). Faculdade Pernambucana de Saúde, Recife. Recuperado em 21 de agosto de 2021, de http://tcc.fps.edu.br/jspui/handle/fpsrepo/1020.

Kano, Noriaki, Seraku, Nobuhiko, Takahashi, Fumio, & Tsjui, Shin. (1984). Attractive quality and must-be quality. Journal of the Japanese Society for Quality Control, 14(2), 147-156.

Mcdowall, Melissa P. (2016). Applying the Kano Model to Higher Education: moving beyond measuring student satisfaction (Doctoral dissertation). University of North Dakota, Grand Forks North Dakota, USA. Recuperado em 05 de novembro de 2021, de https://search.proquest.com/openview/9829938c7e5dfc1f4f6692375fe ae7ab/1?pq-origsite=gscholar&cbl=18750.

Melo, Adriano Cavalcante, & Vilela, Rosana Quintella Brandão. (2020). Estágio em análises clínicas: A visão da gestão e egressos de farmácia. Revista Portal Saúde e Sociedade, 5(3), 1504-1517.

Ömürgönülsen, Mine, Eryigiy, Canan, Tektas, Öznur Özkan, & Soysal, Mehmet. (2020). Enhancing the quality of a Higher Education Course: Quality Function Deployment and Kano Model integration. The Journal of Higher Education, 10(3), 312-327.

Organisation for Economic Co-operation and Development – OECD. (2018). Repensando a garantia de qualidade para o ensino superior no Brasil. Recuperado em 27 de agosto de 2022, de https://download. inep.gov.br/acoes_internacionais/ocde/Repensando_a_Garantia_de_Qualidade_para_o_Ensino_Superior_ no_Brasil_PT.pdf.

Saccol, Amarolinda Zanela. (2010). Um retorno ao básico: Compreendendo os paradigmas de pesquisa e sua aplicação na pesquisa em administração. Revista de Administração da UFSM, 2(2), 250-269. http:// dx.doi.org/10.5902/198346591555

Sauerwein, E., Bailom, F., Matzler, K., & Hinterhuber, H. H. (1996). The Kano Model: how to delight your customers. International Working Seminar on Production Economics, 1, 313-327. Recuperado em 15 de novembro de 2021, de https://faculty.kfupm.edu.sa/CEM/bushait/CEM_515-082/kano/kano-model2.pdf

Shahin, Arash, Pourhamidi, Masoud, Antony, Jiju, & Park, Sung Hyun. (2013). Typology of Kano models: A critical review of literature and proposition of a revised model. International Journal of Quality & Reliability Management, 30(3), 341-358. http://dx.doi.org/10.1108/02656711311299863

Silva, Augusto Santana Palma, Saad, Paulo Fernandes, & Valotta, Luís Alberto. (2021). Avaliação de cursos de farmácia na perspectiva dos egressos: Revisão de escopo. Revista Educação em Saúde, 9(2), 124-134.

Silva, Elice Maria da, Azevedo, Larissa Negromonte Aarruda de, Gomes, Elisangela Christhianne Barbosa da Silva, Cunha, Ivana Gláucia Barroso da, Silva, Bruno Hipólito da, & Medeiros, Flavia Patrícia Morais de. (2019). Perfil dos egressos de farmácia de uma faculdade de saúde. Infarma, 31(4), 259-270. http:// dx.doi.org/10.14450/2318-9312.v31.e4.a2019.pp259-270

Survey Monkey. (2021). Calculadora de tamanho de amostra. Recuperada em 01 de novembro de 2021, de https://pt.surveymonkey.com/mp/sample-size-calculator/.


Submetido em:
01/07/2022

Aceito em:
29/08/2022

63209953a9539530632fc562 rbaval Articles
Links & Downloads

Revista Brasileira de Avaliação

Share this page
Page Sections